O que um site pode fazer por sua empresa?

No mundo dinâmico e tecnológico atual, os consumidores estão cada vez mais antenados ao que sua empresa produz e disponibiliza na internet em site próprio e de busca, blogs e redes sociais. Este conteúdo pode ser tanto de produtos, serviços e promoções quanto novidades, dicas, curiosidades, dentre outros.

Conforme pesquisa do IBOPE, feita de julho a dezembro de 2014 com a população brasileira acima de 16 anos, o perfil dos usuários que acessam a internet é, em sua maioria, feminino (53%), de 35 a 54 anos (34%), morador da Região Sudeste (49%), integrante da classe C (52%) e com grau de instrução até o Ensino Médio (50%).

Ter conteúdo online relevante e constante já é uma obrigatoriedade no mundo dos negócios, caso contrário, sua empresa não será vista nem lembrada. E a estrutura de site pode ser um facilitador deste processo, mas cuidado para não cair em algumas armadilhas!

Armadilha 1 – “não precisa planejar antes”

A fase do planejamento do site é de suma importância para o sucesso da ferramenta. Ou seja, sua empresa terá dificuldades de engajamento (acessos, leituras e compartilhamentos) se não analisar e responder questionamentos como: Para quem você comunicará? Quais as necessidades e desejos destas pessoas? O que sua empresa oferecerá para eles? Quais seus diferenciais perante a concorrência? Fique atento e escute seu público!

Armadilha 2 – “conteúdo atualizado conforme necessidade e pagará uma mensalidade acessível”

Por desconhecimento ou inexperiência, muitos empresários já caíram nesta armadilha de convencimento e conveniência dos profissionais de TI. No entanto, pouquíssimos sabem que, na contratação, há possibilidade de solicitar gerenciamento de textos e imagens do seu site. Ou seja, você terá login e senha e poderá a qualquer tempo realizar as alterações necessárias. Alguns fornecedores disponibilizam até um mini treinamento ou passo a passo desta etapa.

Em termos financeiros, se sua empresa tiver este gerenciamento, não tem o porquê de pagar mensalidade, pois não utilizará horas adicionais do prestador de serviço. Os únicos valores pagos serão com contratação de domínio www. no Registro.br (R$ 30,00 ao ano) e provedor de hospedagem para manter seu site no ar e utilizar e-mails (em média R$ 300,00 no plano anual).

Armadilha 3 – “qualquer pessoa pode fazer um site”

Se você realizar uma pesquisa mais aprofundada na internet, você encontrará templates (criações prontas e editáveis) para baixar gratuitamente ou mediante pagamento e, se assistir vídeos no YouTube, até poderá criar o seu próprio site. No entanto, o quanto esta estrutura será representativa para seu público? Você tem todos os recursos necessários? Cabe fazer estes questionamentos! Fazer todo mundo pode, mas com qualidade e conhecimento de causa nem todos têm ou conseguem.

Armadilha 4 – “não precisa de muitos recursos”

Engana-se quem pensa que o site não precisa de muitos recursos. A seguir segue algumas necessidades “básicas” de um bom site: banco de dados como WordPress, versão responsiva (adaptada para mobile em vez de dar zoom na tela), banner de apresentação destacando os 3 principais produtos ou serviços de sua empresa, integração com redes sociais, implementação do Google Analytics, investimento em Google Adwords (links patrocinados), ativação de campanhas de remarketing, dentre outras.

Em suma, no marketing digital, fala-se muito em comunicação integrada, onde o mesmo assunto está disponível em múltiplos canais de forma singular. Por exemplo, se sua empresa tem uma novidade para divulgar ao público alvo, seus colaboradores podem criar um artigo (texto), selecionar uma imagem atrativa e inseri-los no site; e, posteriormente, replicar o material resumidamente no Facebook.

Ficou com dúvidas ou quer saber mais? Entre em contato conosco e tenha ótimos resultados!

 

Recent Posts